Hoje é Dia de Samba

Hoje é dia de samba lá lá ia
Bate na palma da mão,
Quem é de bamba é assim
Cante comigo o refrão, chega pra junto de mim
Levanta sai desse prego que é
Hora de se embalar
Reúna os amigos, vem pra cá
Rufino acorda a Celinha
Pra esquentar meu feijão
Ciúme que é bom, neguinha, não
Cavaco e viola debaixo do braço
La lá iê lá lá ia
Repique e pandeiro não perde
O compasso do tan-tan
Eu vi a morena sambar miudinho
Da minha pretinha ganhei
Um beijinho na boca molhado
Quem viver verá que festa não tem fim
Só quero felicidade e sacudir
Tem pagode no pedaço pode vir